Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo que vive para ser Bíblico e Missional, Pastor da Família, Professor e Escritor Amador.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Devocional IPCarioca 04/04/2018 A Igreja Bíblica, posicionamento forte, mas não belicoso (Efésios 6; Efésios 4:26; Gálatas 2:20)

Hoje é um dia importante para a História do Brasil. Nós na Igreja Presbiteriana Carioca entendemos que o Evangelho requer de nós posicionamentos, não fomos chamados para sermos isentos ou omissos, mas nosso posicionamento deve ser bíblico, em conformidade com a Escritura. Este que vos fala tem percebido ao olhar as redes sociais, que os brasileiros transformaram a Política em um esporte, uma partida de Futebol, o que é lamentável. Se até pouco tempo atrás a crítica comum era a que o brasileiro era alheio a Política, desinteressado, hoje, fomos para um outro extremo, igualmente perigoso.
O que mais entristece é ver irmãos em Cristo que poderiam tentar contribuir com um necessário equilíbrio e vestem a camisa de algum dos ''times'' de futebol que se apresentam neste quadro lamentável político atual. Os discípulos de Jesus precisam entender que o nosso caminho é do Evangelho, não de nenhuma ideologia humana que se apresente no atual cenário, que é comum e necessário que nos indignemos com todo o contexto que vivemos hoje, mas sempre entendendo que não vive mais você ou eu, e sim Cristo vive em nós, nossas opiniões e expressões devem ser em Cristo, não em nós mesmos, seres outrora caídos e influenciados pelo pecado. Não somos daqui, somos peregrinos neste mundo, nossa nação é a Nova Jerusalém, portanto, agimos hoje como cidadãos da nação Celeste governada pelo Rei Cristo Jesus, não nos rebaixemos ao agir como torcedores políticos patéticos.
Hoje é um dia complicado, em qualquer coisa que devemos nos manifestar precisamos pensar, refletir, e acima de tudo orar. É impossível ser Igreja de Cristo neste país e ignorar, ou adotar uma posição partidária do ponto de vista ideológico humano hoje, é tempo de orar, de clamar, de meditar e ser bíblico, não de discutir, bater boca, partir para agressões físicas ou desfazer amizades de forma gratuita. Nossa vida (inclusive nossos discursos) são a mais eficaz Pregação do Evangelho, que mais do que nunca, não esqueçamos disto hoje. Meu irmão, vamos pensar duas vezes mais antes de se manifestar sobre tudo isto que temos vivido neste país.
Por Nilson Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Missionalidade:

Missionalidade:

Mapa Mundi.

Mapa Mundi.