Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo de Cristo que vive para ser Bíblico. Mateus 28:16-20

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Devocional IPCarioca 19/12/2017 O privilégio de testemunhar Cristo (Tito 1:1-4)

O Amor que Deus sente pelos Seus escolhidos é inexplicável e imensurável. Além de resgatar de forma imerecida, o Senhor dá o privilégio de capacitar-nos a testemunhar a Cristo, ensinar o Evangelho e discipular as nações. Tal privilégio é único, nada pode ser mais satisfatório do que receber a Cristo e, ao pregar, ser usado pelo Espírito Santo para que outra pessoa venha a conhecê-Lo ou a se aprofundar Nele.
Talvez, você que esteja lendo tal descrição ainda não seja um discípulo de Jesus, e não entenda a profundidade de tais palavras, mas rogo ao Senhor para que um dia você experimente isto. Os homens matam e morrem para se sentirem preenchidos, se sentirem ''felizes'' e bem sucedidos em algo, e como diz Salomão em Eclesiastes, todos os alvos mais comuns para que tal preenchimento seja alcançado não passa de vaidade e correr atrás do vento quase sempre.
Deus é um ser relacional, nos criou na Imago Dei da mesma forma, portanto, nada que possamos ter nos preencherá como ser e nos relacionar mediante isto. Nada é mais tolo do que se matar em vida por algo tolo. Trocar o que dura dias, meses ou anos pelo que dura por toda a eternidade.
Ser ferramente de alcance Divino na vida de alguém é algo eterno. Não é uma díravida que a pessoa passa a ter com você, até poque você apenas foi usado para tal, mas é um presente eterno do privilégio que Deus te deu em ser o instrumento de uma salvação eterna.
Fomos criados para viver para Deus e nos relacionar com Ele e com o próximo, e só em relacionamentos saudáveis nestes dois polos seremos bem sucedidos de verdade. Por isso há tantos milionários ou famosos que vivem uma vida terrível, miserável e vazia. Por isso há tantas fotos de risos virtuais em redes sociais em vidas de choro e sofrimento no mundo real.
Tudo que existe no Reino, a Escritura, a Oração, a Conversão, o Discipulado ou qualquer outra coisa, diz respeito ao Relacionamento com Deus e com o nosso próximo, e mesmo os não cristãos foram só cumprem o verdadeiro propósito de suas criações quando se relacionam de forma saudável. Nunca poderemos e nem devemos fugir desta Verdade.
Que como filhos de Deus possamos viver isso sempre.

Por Nilson Pereira

0 comentários:

Postar um comentário

Missionalidade:

Missionalidade:

Mapa Mundi

Mapa Mundi