Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo Professor vivendo para ser Bíblico e Missional, Pastor de Família e Escritor Amador.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Crônicas sobre ser uma Igreja Cristã



Por Nilson Pereira.

Por mais de 2000 mil anos homens e mulheres das mais diversas culturas e etnias se perguntam, o que é ser uma Igreja Cristã?
  Não sou diferente. Por muitas vezes eu me fiz essa pergunta na vida. Busquei os melhores artigos teológicos para tentar responder, em muito me ajudou, mas não totalmente.
Orei, meditei nos textos específicos das Escrituras sobre, cheguei perto de uma conclusão, porém, ainda faltava algo. Foi quando o Senhor me fez entender algo que completaria meu entendimento sobre o que é ser Igreja.
Ser Igreja é materializar as Escrituras nos nossos relacionamentos.
Ser Igreja é ser uma pessoa totalmente diferente de quem está sentado no seu lado, seja em convicções, etnia, grau de instrução, estilo, gostos pessoais, idades, gênero, e mesmo assim, completá-lo como irmão, amigo, companheiro de jornada, unidos numa única Cosmovisão: Cristo Jesus.
Ser Igreja é ter melhores amigos improváveis, amores improváveis, que não aconteceriam se não existisse o Reino de Deus na vida dos envolvidos, porém, eternos, consistentes, definitivos, incomparáveis.
Ser Igreja é crescer junto. Chorar junto. Sorrir junto. É se alegrar de verdade com a alegria de quem não é você, é se entristecer com a tristeza de quem também não é você.
Ser Igreja é estar ‘’junto e misturado’’, porém, sem ser uma panela. É ter relacionamentos tão saudáveis de modo que estejam sempre abertos para a chegada de um estranho. Ao mesmo tempo, ser Igreja é ter os mais velhos cuidando dos mais novos, guardando a Sã Doutrina, protegendo as ovelhas mais frágeis contra os lobos que aparecem.
Ser Igreja é se afiar todo dia, ferro com ferro, como diz a Escritura, é brigar as vezes, é chorar as vezes, é se ferir as vezes, mas nunca desistir. Aliás, ser Igreja é NUNCA abandonar um irmão no meio do caminho, afinal, nosso Supremo Pastor nos ensinou a ir sempre atrás da centésima ovelha. Ser Igreja é acreditar no próximo sempre.
Ser Igreja é estar em casamentos, em batismos, em enterros, nas lanchonetes, nos cinemas, nos shoppings, nas casas dos irmãos.
Ser Igreja é mandar mensagem no Whatsapp para compartilhar, exortar, cuidar ou só simplesmente procurar sabe de como está o outro, mas é acima de tudo, estar junto fisicamente em todas as diversas fases que um ser humano passa.
Ser Igreja é chegar a se chato para que o outro caminhe com Jesus (provavelemente o único motivo de vocês caminharem juntos), nas Escrituras e em comunhão.
Ser Igreja é priorizar a própria Igreja.
Ser Igreja é confiar tanto, e amar tanto, que se torna incluir nossas famílias Nela. É se tornar uma grande e plural Família. E nisso, amar tanto uns aos outros, aprender tanto uns com os outros, cuidando tanto um dos outros, que a consequencia direta é  resplandecer ao Senhor aos de fora, trazendo assim mais gente ao Reino do Filho do Seu Amor.
Ser Igreja é ser Missional sempre, é sair para fora, sempre juntos, seja em oração, seja em recursos, seja em companhia.
Ser Igreja é amar, e como diz John Piper, amar é deixar de comparar, é tornar tudo incomparável com o que já passou.
Ser Igreja é andar junto, ensinar junto, aprender junto, é sentir o perfume um do outro e os maus odores também.
Ser Igreja é seguir, simplesmente, o fundador Dela: Jesus. Sempre junto, sempre acompanhado, sempre em comunhão, afinal, nunca existiu, e nunca existirá Igreja de um homem só.
Ser Igreja é tornar um 27 de Julho uma data mais que especial na vida de cada um que é Igreja de Cristo na forma de Igreja Presbiteriana Carioca.
Parabéns amada e querida Igreja, obrigado por seguirmos juntos ao nosso Senhor e Salvador, em comunhão e em amor!

Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros". João 13:35

0 comentários:

Postar um comentário

Verdadeiro Cristianismo:

Verdadeiro Cristianismo: