Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo que vive para ser Bíblico e Missional, Pastor da Família, Professor e Escritor Amador.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Texto de agradecimento nerdiano!


Por Nilson Pereira.

Minha mãe diz que comecei a ler com um pouco mais de um ano de idade. E de lá para cá, esta paixão, complementada por escrever, foi sempre uma das raras características sequenciais em minha vida.

Ler e escrever são bem mais que atividades para mim, são meu estilo de vida.

 Costumo dizer que quase não tenho dons, mas os que tenho dou maior valor, por isso, ler e escrever são atributos definitivos na minha vida, que me caracterizam acima de tudo, sempre e para sempre.

Amo livros, amo revistas, amo HQs. E estas últimas, devo totalmente grande parte do que sou. As HQs, seja Marvel, Vertigo e DC, seja a Turma da Mônica, seja  mitologias, seja quais forem, foram e são uma espécie de motor no meu processo de leitura. Cresci lendo as sagas dos X-Men, do Batman, da Liga da Justiça ou dos Vingadores, as HQs foram determinantes para me incentivar a ler, ler, ler e sempre ler.

Por isso preciso agradecer a Deus por homens que, embora ímpios, interferiram indiretamente no meu crescimento pessoal. Como  Alan Moore, Neil Gaiman, Frank Miller, Chris Claremont, John Byrne, Mark Millar, Stan Lee e Jack Kirby, Bob Kane, dentre tantos outros. Homens que podem não crer no mesmo Deus que eu, mas que fazem entender melhor o princípio bíblico da gratidão. Se não fosse a mente destes caras que criaram universos fantásticos que me espelham muitas vezes, que espelham a humanidade sempre, eu não seria tão eu.

Obrigado Marvel, DC, Vertigo, Abril, Panini e cia. Obrigado por me ajudarem no meu crescimento.


0 comentários:

Postar um comentário

Missionalidade:

Missionalidade:

Mapa Mundi.

Mapa Mundi.