Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo de Cristo que vive para ser Bíblico. Mateus 28:16-20

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Sal da Terra e Luz do mundo?

Por Nilson Pereira.

No inicio de Romanos 12, o apóstolo Paulo profere as palavras que teólogos como João Calvino disseram ser o resumo da prática na fé cristã. 

O auge do texto está num conselho de Paulo a todos nós cristãos sobre não se conformar com o presente século, algumas traduções usam a palavra ''mundo'', mas renovamos nossas mentes para experimentarmos qual é a boa perfeita e agradável vontade do Altíssimo. 

Hoje, ao me observar, observar alguns irmãos em Cristo, e lembrar de uma citação do reverendo Augustus Nicodemus sobre o texto citado, eu refleti bastante, lamentei, postei em rede social, e me senti indignado com a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, atacado por um rojão disparado por um tatuador ligado ao grupo ''Black Blocs'' ao cobrir uma manifestação contra o aumento das passagens de ônibus aqui no Rio.

Talvez alguns possam estar perguntando agora: você não é um cristão? Este blog não é para falar de assuntos cristãos? O que um acontecimento político e social tem a ver com seu blog? 

Respondo: tem tudo. Como cristão, tudo que acontece ao meu redor tem a ver comigo. Seja histórico, religioso, econômico, social ou político. Absolutamente tudo tem a ver com um discípulo de Cristo. 

As reações da Igreja a acontecimentos como estes tem me deixado extremamente preocupado. Até porque, sejamos francos, coisas ainda mais inescrupulosas e lastimáveis acontecem ao nosso lado todos os dias. E o que fazemos como cristãos? Absolutamente nada. Estamos longes de ser como Daniel, que enfrentou o sistema secular de sua época por amor a Deus, ou como Jeremias e João Batista, cujo um foi serrado ao meio, e o outro decapitado, por serem vozes do Altíssimo a líderes e sociedade extremamente corrupta, sobretudo na pior forma de corrupção que existe, a espiritual. 

Nós, ou tomamos partidos por sistemas, como o socialismo e  capitalismo, uma vez que entendo ser bíblico ser apenas cristão, e nada mais,  ou simplesmente somos omissos, pomos apenas nossas Bíblias debaixo do braço e mal sabemos usá-las. Tenho estado muito preocupado se somos e temos sido sal da Terra e luz do mundo de fato. E se não somos nenhuma coisa nem outra, não temos sido cristãos, nem Igreja de Cristo, nem nada. Estamos nos enganando, mas não estamos enganando ao Deus Altíssimo. 

Como bem disse o Nicodemus no sermão que citei, nos conformamos com este século, sobretudo, como carioca, no que diz respeito a violência, uma vez que a violência é para nós natural hoje em dia, nem se quer oramos ao ouvir um tiroteio ou algo do tipo, e estamos cada dia mais longe de experimentar a boa, perfeita e agradável vontade do Pai. 

Que Jesus tenha misericórdia de nós, que nos faça perceber um dos maiores pilares do Evangelho, de que a Igreja do Senhor tem sim, biblicamente, responsabilidade com a sociedade na qual ela está inserida. João 17 é talvez o mais importante texto bíblico que determina isto. 

Deus nos abençoe. 

0 comentários:

Postar um comentário

Missionalidade:

Missionalidade:

Mapa Mundi

Mapa Mundi