Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo de Cristo que vive para ser Bíblico. Mateus 28:16-20

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Tudo pela cruz!




''Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, Na sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo, matando com ela as inimizades. E, vindo, ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto; Porque por ele ambos temos acesso ao Pai em um mesmo Espírito. Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus;'' Efésios 2:13-19

Por Nilson Pereira. 

O Cristianismo não é o estilo de vida de gente boa. Não é o estilo de vida dos melhores. Não é o estilo de vida de quem é ''limpo'', no sentido de ter tido uma vida inquestionável. 

O Cristianismo é o estilo de vida dos piores seres humanos que já pisaram na Terra. É a doutrina do amor do único ser perfeito que saiu da humanidade corrupta, mas que amou o mundo de tal maneira que deu sua vida poderosa, majestosa, Divina, e inalcançável a nenhum humano, tudo por amor. (João 3:16)

Sim, o Cristianismo é o momento da cruz, todo dia, a todo o momento. O Cristianismo é feito de dor, de entrega, da negação, da luz conquistada com esforço. Não um esforço meramente humano, mas o esforço de derramamento de sangue Daquele que era o único que jamais merecia ter sangrado. 

Eu não aprendi isso agora, mas aprendi agora o quanto esquecemos como cristãos da cruz. O quanto esquecemos quem realmente somos sem ela, o que somos capazes de fazer. 

Caímos na asneira quase sempre de achar que somos algo sem a cruz. Que somos ''ex'' alguma coisa sem a bendita cruz. Que as benevolências, qualidades, dons, atitudes, provém de nós. Acreditamos que o Cristianismo está em nós, não na cruz. 

Achamos que há algum mérito em nós. Achamos que a consequência se tornou a causa. Negamos a nós mesmos no sentido contrário da negação que Aquele que tornou a cruz real e possível ensinou em Lucas 9:23. Negar-se que Ele nos ensina ali é justamente negar o que você é desde o nascimento, não mentir para si mesmo dizendo para você mesmo que nunca foi. Negar cristocentricamente é dar poder aquele que a cruz fez nascer, e negar todo o tempo aquele que nasceu sem a cruz. 

'' Há uma guerra incessante  acontecendo na vida de todos.  Não é a batalha da lei versus a graça. Esta já foi ganha por Jesus na cruz. É sim  a guerra do Espírito versus carne.'' Pr. Márcio Longo 


''Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.'' Gálatas 5:16-26

O cristão é o único ser capaz de mudar completamente, mas não por causa de si mesmo, mas sim por causa da CRUZ.  Pela e somente pela cruz, o cristão é tudo o que o Apóstolo Paulo, ele mesmo que por duas vezes nas Escrituras se chamou de pior dos pecadores (1 Tm 1:15-16) descreve em Romanos 8:1-17

Ah se não fosse aquela cruz. Não todas as cruzes, mas uma única cruz. A cruz que matou o único que é digno de tudo. Aquela cruz era para mim, mas Ele me amou a tal ponto que foi por mim para aquela cruz. 

Sei que esta história parece um clichê para muitos, porém, para mim ela é vida, é a minha vida. Se sou ou faço qualquer coisa boa, é porque minha vida foi decidida naquela cruz. Foi obtida por lá. Certamente sem aquela cruz eu não nasceria, nem da primeira vez, muito menos da segunda. João 3:3-21

Somente eu e o Altíssimo Criador de tudo o que existe sabemos que eu sou. O que eu sou na cruz, e o que sou sem ela. 

Toda vez que eu me esqueço de quem sou com e sem a cruz eu a anulo. Sinceramente não quero viver se for para anular a cruz. O maior gesto de gentileza e amor que já fizeram por mim, e por toda a História humana, meu objeto de estudo. Não quero viver se for para anular o sacrifício da cruz. Como diria o velho cântico:

''Sim eu amo a mensagem da cruz, até morrer eu a vou proclamar.'' 

A cruz é a justiça apagando as injustiças, a cruz é a vitória dos perdedores, a riqueza dos miseráveis, a transformação dos imutáveis. A cruz é o ÚNICO CAMINHO, é a maior expressão de intelectualidade e sabedoria. Nada nunca vai superar a cruz, nada nunca irá justificar nada, a não ser a cruz. A cruz é a borracha que apaga o atestado de óbito. A cruz é a certidão de nascimento dos que nela creem, e dos que mereciam ter sangrado até a  morte nela, mas que nascem de novo do sangue Daquele que o derramou na cruz. 


Obrigado Deus pela cruz, a única e verdadeira prova de que eu posso! Obrigado Senhor porque a cruz não  faz com que eu me sinta melhor, pelo contrário, ela me constrange de uma forma por mim  nunca imaginada (2 Co 5:14), ela me faz chorar igual a uma criança, ela me torna sábio feito um ancião intelectual e cientista. Obrigado Senhor porque a cruz foi a única saída do inferno, porque a cruz é a restauradora da minha vida. 

Deus Altíssimo, obrigado porque não há nada mais democrático do que a cruz, ninguém é rico ou pobre diante dela, ninguém é inteligente ou estúpido diante dela, ninguém é belo ou feio diante dela, ninguém é algo diante da cruz. Deus, obrigado porque a cruz é o conforto para o desesperado, é a razão de existir para o suicida. Nada prevalece diante da cruz, e nada tem méritos diante dela. A cruz iguala os seres humanos, em todos os tempos, em todas as formas.

Eu sempre fui lixo, mas a cruz me faz ser pedra preciosa. A cruz me lembra o tempo todo que sem ela eu sou lixo, mas com ela sou pedra preciosa. 

Citando novamente uma canção, desta vez da banda Hillsong, ''Eu NUNCA saberei quanto custou o preço de quem eu sou naquela cruz.'' (1 Co 6:20; Cl 1:20; 1 Tm 2:6) 

Minha oração é que nunca nos esqueçamos, nem por um minuto, da cruz e do que ela é para nós. Que isto comece por mim, que me esqueço dela diversas vezes. Que minha vida, minha reputação, minha impaciência, tudo mesmo, seja submetida a cruz. Que a cruz se faça presente diante de minha face enquanto eu viver. 

E que eu olhe bem para a cruz, não para todas as cruzes, mas para aquela cruz. Porque ela  deveria estar comigo, mas está vazia. Porque o sangue Daquele que ali morreu por mim, é o sangue da vida eterna. E não há méritos meus nenhum nisso. Basta eu ter fé, basta a amazing grace, a graça maravilhosa da cruz ser o início de tudo o que eu sou e serei. Que a cruz para sempre me constranja, e me fortaleça. 


Publicamente eu reconheço a cruz, e vivo por ela. Em nome do meu Senhor, amém. 



Indicação:

Além de todos os livros canônicos citados, a canção '' Quebrantado'' do grupo Vinetard. 






0 comentários:

Postar um comentário

Missionalidade:

Missionalidade:

Mapa Mundi

Mapa Mundi