Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

.

.

.

.

.

Nilson (Nil) Pereira

Nilson (Nil) Pereira
Um Discípulo Professor vivendo para ser Bíblico e Missional, Pastor de Família e Escritor Amador.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Um desabafo eleitoral de um historiador e cristão.

Por Nilson Pereira.

Tenho 28 anos e estou indo para minha 7° eleição como eleitor ativo, excluindo-se o fato de que sempre, desde que me etendo por gente, votei pelos meus pais. Triste é que ainda constato os mesmos problemas em todos os processos eleitorais. 

1 - O cristão e a alienação política. 

 Me irrita profundamente ver pastores apoiando candidatos sem ao menos apresentarem propostas de governo.
Se quer apoiar, que não seja apenas pelo fato de ser cristão, e sim pelas propostas políticas coerentes.

Não demonizo a Política, pelo contrário, História Política é meu ganha pão, porém, tenho em mente de que o Estado é laico, a sociedade é Democrática ( pelo menos na teoria), e de que é a plena vontade de Deus que eu escolha o que entendo ser o mais preparado candidato, que seja o mais sério e coeso possível.

O meu compromisso como cidadão do Reino de Deus,  é sim zelar pelos princípios cristãos vigentes na minha sociedade, porém, é zelar também pela sociedade num todo, na qual eu faço parte e tenho a responsabilidade elietoral de exercer meu direito a voto.

Por não entender isto, vemos aberrações políticas como a família Garotinho aqui no Rio, ou os bispos corruptos do Mensalão, que além de serem corruptos, envergonham ainda mais o nome de Cristo com suas atitudes perante a sociedade. 

Antes de votar em ''cristão'', sendo laçado claramente pelo chamado ''voto de cajado'', deveríamos entender que somos cidadãos, não apenas dos céus, mas também da Terra. E de que temos um poder democrático de fato, o poder de escolher. Para quem quer se abster sendo um alienado político achando que o que importa para  que o propósito de Deus é apenas viver em função da Eternidade, saiba QUE VOCÊ ESTÁ PECANDO, pois está desobedecendo a Cristo em um dos versículos mais importantes da Bíblia : João capítulo 17.
Sem contar que este perde totalmente o direito de reclamar pelos próximos 4 anos, de se quer um engarrafamento.

Cristão não vota em cristão necessariamente, cristão vota no melhor candidato, zelando não apenas pela Cristandade, como também pela sociedade em que este se encontra. Afinal, Apocalipse capítulo 3 e 4, fora vários outros trechos biblicos definem muito bem que:  ''A Igreja é o diácono do mundo''. A Igreja é a responsável espiritual pela sociedade na qual ela se encontra. 


2 - A ''festa'' da Democracia. 

Eu fico estupefático de observar a quantidade de candidatos que se apropriam deste termo literalmente. 

A Política brasileira ainda é uma espécie de Show Bizz. O programa eleitoral é um stand up comedy,  show de comédia melhor do que qualquer um profissional.

A impressão que se dá é de que se ganha as eleições na galhofa, no jargão mais fácil, nas promessas mais insustentáveis e absurdas.

Para evitar problemas evitarei dar exemplos mais concretos.

 Existem lugares no Rio de Janeiro, uma das quatro maiores cidades da América Latina, uma das 50 maiores do planeta, que são currais eleitorais das mesmas famílias há anos, isto em pré no século XXI.

Eu, como historiador, poderia me valer do fato de que o país ainda é uma jovem Democracia, que possui apenas 123 anos ( Ploclamação da República Federativa do Brasil, 15/11/1889), porém, eu entendo que isto não pode e não deve ser usado como desculpas para a abitolação política do povo, o controle em relação a isto por parte da elite dirigente e a passividade do eleitorado.

Existem bons meios de Educação e informação atualmente, que podem ser muito úteis para te fazer um politizado cidadão.

Ser politizado não é se tornar chato ou hipócrita, ser politizado é ter noção da Teoria acadêmica sobre Política, e na prática, ter um pensamento e uma  posição critica.

O pensamento crítico independe  da posição social ou do grau acadêmico, depende sim da boa vontade e do seu posicionamento.

A vida é feita de posicionamentos, e a Política não difere disto como um dos campos da vida.

Eu entendo que, talvez um sistema democrático republicano parlamentar, fosse um avanço de maturidade política do Brasil, embora concordo com exatidão de que o sistema pouco importa se o povo não se poscionar como o legítimo dono do poder estatal. Mesmo porque o Parlamentarismo republicano ( sistema de países como a França) depende de um povo politzado, crítico e fiscalizador do poder, que pode convocar novas eleições sempre que julgar necessário.

Falta neste país, gente séria, políticos sérios, eleitores sérios, pessoas comprometidas com o próprio bem estar, porém, também com o bem estar social. Afinal, todos juntos formamos uma mesma sociedade, concordando ou não, se gostando ou não.

Tolo é aquele que acha que nada tem haver com a Polítca, este é aquele que pensa se isentar dos trâmites do poder e na verdade é o maior cumplice daquilo que relata o fazer se afastar da Polítca.

3 - O brasileiro é imaturo politicamente. 

O brasileiro tem muito que amadurecer politicamente. Precisa entender que a força política está mais concentrada no Legislativo do que no Executivo. Precisa aprender que o presidencialismo é falido na América latina, a figura do executivo soberano não deu certo como regime político por aqui. Isto é um fato.

Você, ao ler este artigo, tem todo o direito de discordar de mim, afinal a Democracia se sustenta nas diferenças, porém, faço um apelo para que você ao menos reflita sobre sua posição, afinal, caso ela seja incorreta, afetará sua Igreja, sua família, a minha e a sua vida. Seja consciente e responsável, se for para errar, que seja pelo excesso, não pela falta.

Deus nos abençoe.


"Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.
Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.
Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá.
Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal.
Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da  -possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência.
É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho.
Dêem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra.
Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a lei." Romanos 13:1-8 ( NVI)



Verdadeiro Cristianismo:

Verdadeiro Cristianismo: