Postagem em destaque

Lex Luthor e o que eu seria sem Jesus.

Por Nilson Pereira.  Primeiramente quero deixar claro que este texto é destinado a cristãos bíblicos e maduros que entend...

.

.

.

.

.

Nilson de O. P. Pereira

Nilson de O. P. Pereira
Um Cristão vivendo para ser Bíblico, Missional, Pastor de Família e Professor Reformado nas Relações.

Verdadeiro Cristianismo:

Verdadeiro Cristianismo:

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Reflexão de um historiador sobre Política.


Por Nilson Pereira.

Sim, eu sou daqueles que defende a tese e concordo que em uma Democracia madura o voto não deve ser obrigatório. Concordo que em grande parte do Brasil (principalmente Norte e Nordeste) o voto é sim de cabresto (voto direcionado, influenciado pelo ''coronelismo''), só não concordo que todos os políticos são corruptos e os mesmo de sempre. Isto é generalizar, o que é sempre complicado. Os exemplos negativos acabam chamando naturalmente mais a atenção para a humanidade.

Concordo que o conceito de cidadania deve ser utilizado bem entre aspas nas sociedades capitalistas ou nas comunistas que existem desde o século XIX no Ocidente ou no Oriente, porém, o povo nunca teve tanta voz em toda a História, mesmo que seja pequena ainda, e longe do ideal. E a melhor forma de exercer esta pequena brecha que a ''Democracia Liberal'' deixa, é votando. É uma espécie de chance que temos de pelo menos fazer o processo de transformação um dia acontecer.

Consciência política cada um tem a sua. O que vale é o respeito. Eu só sei que não vou perder minha chance de fazer alguma coisa, só se muda o sistema se penetrarmos nele.

O problema está no fato de que muitos vêem a política apenas como uma disputa, dizem:'' não vou votar naquele candidato porque ele não vai ganhar, vou jogar meu voto fora''. E não é por aí.

Política não tem haver com o todo, tem haver com o mínimo. Não tem haver com o nosso exercício da cidadania, tem haver com o meu exercício da cidadania.

É algo individual que influência no coletivo.

Não tem haver com quem vai ou não vencer uma eleição, tem haver com minha consciência limpa de que fiz o certo e fiz minha parte.

Política não é esporte no qual escolho o que mais ganha, ou mesmo o que sempre perde, para torcer, política é uma das armas mais eficaz que um indivíduo tem para exercer cidadania.

Se todos pensassem na sua própria consciência e não anulassem votos ou votassem em alguém só porque é o menos pior dos que tem chance de vencer uma eleição, talvez os raríssimos bons candidatos vencessem com mais frequência.

Entendo que ''uma única andorinha não faz Verão'', porém, nada como ter a consciência de que se fez sua parte.


'' O preço que se paga pela não participação na Política é ser governado por alguém que se considera inferior.'' Platão

domingo, 12 de agosto de 2012

Isto é ser Igreja.


Por Apóstolo Paulo.
I Coríntios 12.
''Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.
Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.
Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.
Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.
Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.
Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.
Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo?
E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo?
Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato?
Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.
E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?
Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo.
E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.
Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários;
E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra
Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela;
Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros.
De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.
Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?
Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?
Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.''

Paternidade é o auge de ser imagem e semelhança.


Por Nilson Pereira.
Poucos dias mexem mais comigo do que o dia dos pais.
Não que eu tenha um grande trauma nesta área (apesar do fato de sempre ter sido radicalmente diferente do meu pai ter causado alguns problemas na minha história), mas porque ser um pai é algo que tenho convicção da parte do Criador que nasci para ser (juntamente com cristão e historiador).
Ser pai, tanto no sentido íntegro da palavra, como no sentido de ser um líder, sacerdote de uma família, é uma das  valiosas coisas que sempre aliaram meus sonhos aos do Altíssimo para a minha vida.
Ser pai sempre foi para mim uma espécie de auge maravilhoso da minha carreira na criação de Deus.
Sempre, desde que me entendo por gente, soube claramente que minhas funções essenciais são ensinar e cuidar de pessoas.
Apesar de não curtir (pelo menos não mais) o auto-elogio, eu sei que sempre tive um estado de espírito paterno muito forte dentro de mim.
Dia dos pais é um dia emocionante para mim, e feliz sobretudo.
Perdi um grande homem na minha vida bem cedo, meu avô paterno ( aquele mesmo que muitos de vocês ouviram falar múltiplas vezes, o filho de italiano com uma grega, kkkkkk) .
Por algumas vezes, estive um pouco distante do meu pai, apesar de perto, pois sempre moramos juntos, longe em temperamento, em personalidade, em intelectualidade, em espiritualidade, perto fisicamente, perto no amor.
Nunca tive meu pai como um herói no sentido de mito, porém, sempre o vi como herói no sentido de superação, de garra, de vitorioso.
Creio que é mútuo o sentimento entre meu pai e eu de que não somos quem sonhamos, mas somos quem amamos de verdade. Um herói de verdade, não um mito impossível de ser alcançado.
Meu pai é sem dúvidas um dos maiores presentes que o meu Pai um dia me deu. Um homem que quase nunca concorda comigo, mas sempre me apoia, em tudo, e quanto mais ele discorda, mas ele me apoia. É uma dialética doida mas que Deus sempre fez dar certo. Haushsauahsuahas
Uma das 3 pessoas mais importantes da minha vida. Referência, do jeito dele, do que eu sempre considerei como o auge da minha carreira, ser pai.
Este texto diz sobre o Pai celestial, o meu Pai, que me amou ao ponto de dar a vida por mim numa cruz, para que todo o castigo que deveria ser meu viesse sobre Ele, para que eu tivesse paz e vida eterna.
Este texto é sobre o homem mais diferente de mim que conheço, e o homem que mais amo em toda a minha história, meu pai.
Este texto é sobre mim, afinal, Deus me criou para ensinar e cuidar, para representá-lo como pai a muitos de Seus filhos, para ensinar, cuidar e discipular.
Amo ser pai e ter pai, amo a paternidade de Deus, que deu talvez a maior de todas as dádivas gentilmente a nós homens, o fato de podermos, conforme Ele, ser pais.
Ser pai é o mais alto grau de ser imagem do Criador, e semelhança do Altíssimo.
Deus abençoe a todos nós, pais, biológicos, espirituais e intelectuais.


terça-feira, 7 de agosto de 2012

Meu pior inimigo se chama Nilson Pereira.


Por Nilson Pereira.

Minhas experiências como ser humano, cristão e historiador, me fazem chegar a uma conclusão que vai de encontro ao que a ideologia dominante pensa sobre tal tema que discorrarei a seguir:

É hipócrita aquele que diz que não possui inimigos na vida.

Ter inimigos não parte de uma escolha sua, muitas vezes pessoas se tornam inimigas suas independente de sua vontade ou atuação. E não compreender isto, pode ser fatal em determinados casos.

Na verdade, fomentar esta idéia de que o homem ideal da contemporaneidade é o que não possui inimigos, é interessante a Satanás, uma vez que um mundo sem a dialética da adversariedade é um dos maiores disfarces dele, e a elite dominante das sociedades humanas, pois em um mundo em que todos professam não ter inimigos, em que todos creêm que isto é possível, serve para, primeiro haver mais massas de manobras, segundo para que a falsa paz que o mundo pode proferir seja um poderoso aliado para a concordância manipulativa ideológica de dominação de uma classe social sobre a outra.

O ensinamento revolucionário em seu tempo de Cristo, deixa claro que mesmo seus discípulos (ou na verdade, principalmente nós), tinham, teriam, e terão inimigos, em alguns casos, poderosos inimigos.

Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Mateus 5:45


Não é o fato de ter ou não inimigos que torna alguém mais ou menos cristão, e sim, o posicionamento diante de tal fato.

Ser hipócrita e discursar que não tem inimigos, ou mesmo agir como um homem natural e secular, ou seja, odiá-los com sua própria vida, definitivamente não é um conceito de Cristo.

Ser cristão é amar seus inimigos da mesma forma que se ama seus aliados, amigos, amantes e familiares.


Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus
Mateus 5:45-48

Adotando este conceito, de que é impossível ser cristão sem ter inimigos, tenho descoberto a cada dia uma das mais valiosas lições da parte do Altíssimo:

Meu pior inimigo, se chama Nilson de Oliveira Pinto Pereira.

Entender isto, ajuda a incorporar o chamado mandamento áureo cristão bíblico:

Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Galátas 5:14


Quando se tem o entendimento de que nós somos nossos próprios inimigos, aprendemos a ter mais misericórdia de nós, aprendemos a cuidar mais de nós mesmos, aprendemos a nos quebrantar diante de Deus e entender que não somos nada sem Ele.

Paramos de por a culpa de nossas falhas, problemas e defeitos nos outros.

O perigo para um ser humano está nos extremos, ou se amar de mais, ou se odiar.

Somos mais misericordiosos com nós mesmos quando entendemos que temos nosso pior inimigo dentro de nós, e como consequência, nos tornamos aptos a ter amor e misericórdia com todas as pessoas ao nosso redor.

Que Deus nos abençoe e nos faça entender a profundidade deste ensinamento que tanto é importante para nossas vidas.

Sola Scriptura!

Sola Scriptura!